O que é fotografia de rua? Vamos começar com uma definição: os fotógrafos de rua utilizam o público geral e os espaços públicos como o seu tema.

A fotografia de rua está intimamente ligada ao espontâneo e imprevisível. Requer mais improviso e intuição para executar do que outros tipos de fotografia. O meu palpite é que essas qualidades evasivas e incontroláveis são aquilo que chama os fotógrafos – é um desafio, no mínimo – mas as recompensas são profundas e extremamente significativas, especialmente a nível pessoal.

Conforme a Lei 9.610/98, é proibida a reprodução total e parcial ou divulgação comercial sem a autorização prévia e expressa do autor (artigo 29). ® Todos os direitos reservados. Rodolfo Clix

Todas as Fotos , são do Fotógrafo Rodolfo Clix, Proibida a reprodução ou Cópia!

Fotografar na rua é receber uma lição de vida.

A realidade é uma corrente de reacções e caos a desenrolar-se continuadamente, e o fotógrafo de rua tem o impulso para lhe dar um sentido ou, pelo menos, anotá-lo. Como resultado, todo e qualquer “trabalho” que os fotógrafos de rua fazem acaba por alimentar o seu entendimento pessoal de vida, tornando as suas vidas mais ricas, dedicadas e satisfatórias. Os fotógrafos de rua são profundamente fascinados pela realidade, e estão comprometidos a confrontar-se com o que ela é, mesmo que não gostem do que vêm.

 

[ms_pullquote align=”left” class=”” id=””]”como entrar no mar e deixar as ondas quebrarem-se por cima de ti”. Sentes o poder do mar. Na rua cada onda sucessiva traz-te todo um novo grupo de personagens. Apanhas onda atrás de onda, banhas-te nele. Há algo de excitante em estar no meio de uma multidão, em toda aquela mescla de sorte e mudança – é duro estar ali – mas se conseguires prestar atenção algo se revelará”.[/ms_pullquote]

Ref.